Necesitas javascript para ver a páxina

História

Está aqui

Nos territórios da Reserva da Biosfera, periféricos e afastados dos grandes núcleos urbanos, o Homem, desde tempos pré-históricos, foi aperfeiçoando técnicas agrícolas e silvo-pastoris que permitiram a exploração dos recursos naturais de uma forma racional, garantindo assim o equilíbrio entre a natureza e a atividade humana.

Tal possibilitou, até hoje, a manutenção de um património natural e cultural de valor excecional. A organização social assentava em dois pilares: a abundância de mão-de-obra e uma forte inter-relação entre as atividades económicas (economia agro-silvo-pastoril) pelo que a única forma de manter e de investir esforços na conservação de estruturas de exploração tradicionais é apoiando práticas comunitária na gestão do espaço.
Os territórios da Reserva da Biosfera foram objeto de uma ocupação humana muito antiga, desde tempos pré-históricos. Facilmente se encontram vestígios megalíticos, celtas, romanos, e, naturalmente, medievais, atestando um uso antigo e organizado do espaço.